quinta-feira, 30 de junho de 2011

China inaugura a maior ponte sobre mar do mundo

Estrutura levou quatro anos para ser construída e custou US$ 2,3 bilhões.
Ponte de 36,4 km em Qingdao liga dois pontos de importante porto do país.

A China inaugurou nesta quinta-feira (30) a mais longa ponte sobre o mar do mundo, com 36,48 quilômetros, na cidade litorânea de Qingdao, informou a agência oficial "Xinhua".

A ponte, que teve investimento de US$ 2,3 bilhões e levou quatro anos para ser construída, liga o centro da cidade ao seu subúrbio de Huangdao, nos dois lados da baía de Jiazhou.

Com esta ponte, a distância entre os dois pontos de um dos principais portos da China - e sede das competições de vela nas Olimpíadas de 2008 - poderá ser percorrida com redução de 20 a 40 minutos.


A nova ponte supera a da baía de Hangzhou, também no leste da China e que com 36 quilômetros era considerada a mais longa do mundo até hoje.

Há várias pontes sobre terra mais longas no mundo, sendo que as três primeiras também estão na China. A maior delas é um lance elevado do trem de alta velocidade Pequim-Xangai, de 164,8 quilômetros, serviço que também foi inaugurado hoje.

A leva de novas obras de infraestrutura chinesas se completou nesta quinta-feira com a inauguração do mais longo gasoduto do mundo, que levará o gás natural desde o Turcomenistão, na Ásia Central, até a China, em percurso de 8.700 quilômetros.

O gasoduto foi construído com investimento US$ 21,98 bilhões e é o segundo que levará gás natural da Ásia Central ao leste da China.

As inaugurações coincidem com o 90º aniversário do Partido Comunista da China, fundado em 1º de julho de 1921. A data será lembrada com atos comemorativos no Grande Palácio do Povo, em Pequim, e em muitas outras cidades do país asiático.(G1)

Câmara aprova anistia criminal a bombeiros do Rio

Proposta foi aprovada em caráter conclusivo e segue para o Senado.
Outra proposta semelhante já havia sido aprovada no Senado.

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (30), um projeto de lei substitutivo que reunia o texto de três propostas que tratam da anistia aos cerca de 400 bombeiros e dois policiais militares do Rio de Janeiro. Os projetos foram aprovados em caráter conclusivo (sem necessidade de ir ao plenário) e agora seguem para o Senado.

O texto aprovado inclui os bombeiros do Rio na anistia concedida pela lei 12.191/2010, a policiais e bombeiros militares de oito estados (RN, BA, RR, TO, PE, MT, CE, SC) e Distrito Federal, punidos por participar de movimentos reivindicatórios por melhorias de salários entre 1997 e 2010.

Conforme a assessoria da presidência da Casa, a decisão de votar as matérias ainda nesta quinta foi tomada após acordo entre o presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), e o presidente da comissão, deputado João Paulo Cunha (PT-SP).

A CCJ do Senado já havia aprovado na semana passada em caráter conclusivo um outro projeto de anistia aos bombeiros. Esse projeto ainda precisa ser analisado pela Câmara.

A assessoria de Marco Maia disse que a escolha de votar os textos criados na Câmara e de não esperar o que foi aprovado no Senado, de autoria do senador Lindberg Farias (PT-RJ), foi devido ao tempo. Segundo eles, o texto de Lindberg Farias não era consensual e teria que sofrer alterações, o que retardaria ainda mais o processo de anistia.

Um dos porta-vozes do grupo de militares que veio a Brasília para uma manifestação em frente ao Congresso nesta quarta-feira (29), cabo Balthar, informou que o grupo acompanhou a reunião da CCJ nesta quinta e que agora retornam diretamente para o Rio.(G1)

Irregularidades cometidas por moradores em SG geram riscos


Construções no Jardim Catarina, Santa Luzia e Guaxindiba estão perto de adutoras da Cedae. Proprietários perfuram a rede e colocam canos para puxar a água clandestinamente

Alguns moradores do Jardim Catarina, Guaxindiba e Santa Luzia, em São Gonçalo, estão construindo suas casas próximo às adutoras da Cedae. Como os bairros não possuem água encanada, os proprietários dos imóveis perfuram a rede e colocam canos para puxar a água clandestinamente. A prática pode desgastar os canos e provocar uma ruptura na rede.

Apesar de a maior parte das adutoras ficar debaixo da terra, é possível ver essas ligações clandestinas na Rua José Rosendo de Souza, no Jardim Catarina Novo e na rua da Praça de Santa Luzia. Um funcionário da Cedae, que preferiu não se identificar, afirmou que a maioria das casas localizadas nesses bairros recebem água através de ligações clandestinas e que é quase impossível fazer essa fiscalização, devido ao difícil acesso a algumas ruas e também ao receio de adentrar as áreas consideradas de risco. 

A Cedae informou que já notificou as casas localizadas sobre adutoras da companhia nos bairros citados. A maior parte das construções em questão são irregulares, estando localizadas sobre a faixa de servidão (área não edificável assegurada por lei) das adutoras. As duas adutoras, porém, serão desativadas após a conclusão da nova adutora de água bruta, que estará 100% construída e em operação no primeiro trimestre de 2012 e, por isso, a companhia vai fazer um estudo para avaliar se, mesmo com a adutora fora de carga, ainda há risco. Uma equipe da companhia irá ao local nesta quinta-feira para vistoriar novamente os imóveis e confirmar se estão localizados na faixa de servidão das adutoras. 

Segundo a Cedae, a construção sobre estas estruturas pode danificá-las, provocando vazamentos de grande porte que podem trazer risco de vida e grandes prejuízos aos moradores de áreas próximas e até mesmo prejudicar o abastecimento de toda a área atendida pela tubulação.

Nas localidades onde não há rede formal, a Cedae esclarece que isso ocorre porque os imóveis foram construídos em área não edificante, mas, com o aumento da oferta de água, a companhia vai estudar assentar redes nestes locais. Nesta quinta-feira, um trecho de 6 quilômetros da nova adutora, de 15 quilômetros, será interligado ao sistema. A cedae destaca, no entanto,  que o benefício será percebido ao longo dos próximos três meses, com o sistema se adequando.(O Fluminense)

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Empresas beneficiadas por isenção doaram mais de R$7 mi a Cabral e PMDB-RJ

Entre as empresas que receberam isenção fiscal do governo fluminense em 2010, cinco doaram para a campanha do governador Sérgio Cabral e oito colaboraram com o PMDB do Rio de Janeiro. Doaçoes no valor de R$ 1,2 milhão para Cabral e R$ 6,013 milhões para a sigla no Estado. O governador tem sido questionado sobre a intimidade de suas relações com empresários depois de ter voado num jatinho de Eike Batista para ir à festa de Fernando Cavendish, dono da empreiteira Delta.

Segundo levantamento da Secretaria da Fazenda feitos por solicitação do deputado estadual Marcelo Freixo (Psol-RJ), foram concedidas 20 mil isenções fiscais para mais de 5 mil empresas. 

A reportagem cruzou os dados da Secretaria com a prestação de contas do então candidato à reeleição Sérgio Cabral, e de seu partido PMDB em âmbito estadual. Alguns dos maiores investidores da campanha de Cabral e PMDB-RJ receberam isenções fiscais entre os anos de 2007 e 2010.

Somente em 2010, a Gerdau Comercial de Aços teve R$ 4,806 milhões em isenções, dispensas e reduções de pagamento de impostos no Rio. A empresa doou diretamente à campanha de Sérgio Cabral R$ 200 mil e também colaborou com outros R$ 300 mil para o comitê financeiro do PMDB do Rio de Janeiro durante as eleições de 2010. 

A construtora Queiroz Galvão foi a segunda maior contribuinte da campanha peemedebista no ano passado, tendo doado R$ 800 mil a Cabral, e R$ 1, 11 milhão para o PMDB do Rio. A empresa teve uma redução de impostos de R$ 4,250 mil no mesmo ano. Outros três consórcios envolvendo a empresa também ficaram isentos: juntos, Queiroz Galvão-Iesa, Queiroz Galvão-Iesa Plangas e Galvão-Alusa-Tomé tiveram uma redução de impostos no ano de R$ 910,121 mil. 

A empresa holandesa SHV Gás Brasil Ltda., representante brasileira da maior distribuidora privada de gás LP do mundo, doou R$ 200 mil diretamente à campanha do governador. Só em 2010, a companhia recebeu R$ 193,9 milhões em isenção fiscal.

Outras empresas beneficiadas por isenções não doaram à campanha de Cabral, mas deram verba ao comitê financeiro do PMDB fluminense.

As duas maiores doadoras ao PMDB do Rio foram cervejarias. A Cervejaria Petrópolis doou R$ 800 mil ao partido, e teve uma isenção maior do que as outras: R$ 78,094 milhões. A Companhia de Bebidas Primo Schincariol teve R$ 36,721 milhões de isenção em 2010 e doou R$ 800 mil ao comitê estadual do partido. 

E ainda a Construtora Norberto Odebrecht doou R$ 200 mil ao PMDB do Rio e teve R$ 234,59 mil em isenções. A Netmed Instrumentos Científicos doou R$ 404 mil e recebeu isenção de R$ 226,918 mil. E a Trimix Rio Comércio de Roupas deixou de pagar R$ 7,636 milhões em impostos e, no ano, doou ao partido R$ 300 mil.

A Rio de Janeiro Refrescos, fabricante de Coca-Cola no Estado, doou R$ 1,079 milhões em 2010. No mesmo ano, a companhia deixou de pagar R$ 28,750 milhões por conta de concessão de crédito presumido de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). 

Em nota, a assessoria de imprensa do governo do Estado do Rio de Janeiro alega que "não há qualquer interferência do governador" na concessão de isenções e que elas seguem normas técnicas da Secretaria Estadual de Fazenda.

Em nota, o Palácio Guanabara afirma ainda que os benefícios "dizem respeito a incentivos setoriais" e não são voltados diretamente a uma empresa ou outra.(Terra)

Detro apreende 20 ônibus no Rio, Niterói, São Gonçalo e Maricá


Só no Terminal Rodoviário João Goulart, foram retirados de circulação dois veículos intermunicipais da Galo Branco e dois da ABC, além de coletivos da Rio Ita, Brasília, Rio Minho e Estrela


Fiscais do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) apreenderam 20 veículos da frota regular intermunicipal e aplicaram 30 multas durante operação realizada em terminais do Rio, Niterói, São Gonçalo e Maricá.

Nas últimas ações, os fiscais têm flagrado uma quantidade significativa de ônibus rodoviários trafegando com roletas, o que não é permitido. Segundo o presidente do Detro, Rogério Onofre, tal procedimento, apesar da alegação das empresas de que é uma forma de maior controle do movimento de passageiros, mascara uma série de outras irregularidades.

"Temos o conhecimento de que, por trás da instalação destas roletas existem outros interesses que envolvem a concessão da gratuidade, entre outros. Também tem sido comum a dispensa do cobrador nos ônibus urbanos e já fomos, inclusive, informados de que, em alguns pontos, funcionários das empresas ficam de plantão para atuarem nesta função quando a fiscalização do Detro está por perto. Estes funcionários saem dos terminais e saltam em pontos mais adiante numa tentativa de burlar os fiscais", afirma Onofre.

No Rio, houve apreensão de ônibus no Terminal Menezes Cortes, sendo um da Teresópolis, dois da Auto Viação 1001 que teve também um veículo multado por falta de adesivos obrigatórios, um da Garcia, um da Pendotiba e três da Nossa Senhora do Amparo.

No Terminal João Goulart, em Niterói, foram apreendidos dois veículos da Galo Branco e dois da ABC, além de ônibus da Rio Ita, Brasília, Rio Minho e Estrela, sendo um de cada empresa. 

Em Maricá, a Nossa Senhora do Amparo também teve dois ônibus recolhidos. 

No município de São Gonçalo, a fiscalização do Detro esteve no Terminal do Alcântara, onde apreendeu um ônibus da Coesa e multou outro da mesma empresa por falta de adesivos e, ainda, em Venda das Pedras, com recolhimento de dois veículos da Rio Ita. A instalação de roletas em ônibus rodoviários foi a principal infração, mas também foram detectados limpadores de parabrisas com defeito, portas que não fechavam, luzes externas queimadas e problemas na documentação.(O Fluminnse)

terça-feira, 28 de junho de 2011

Câmeras de segurança em Niterói custarão R$ 1,2 mi

Equipamentos de monitoramento serão instalados nas principais rotas de fuga usadas por bandidos que atuam na Região Oceânica do municípío. Dinheiro será captado entre empresários

A Câmara de Segurança da Região Oceânica (CSRO) apresentou ontem a proposta do sistema de videomonitoramento das vias públicas aos empresários e à população local, durante café da manhã em Piratininga. De acordo com o presidente da entidade, Renan Lacerda, estudo inicial prevê que sejam necessários investimento de R$ 1,2 milhão para a implantação e manutenção do sistema durante os dois primeiros anos. A CSRO firmou convênio, em março, com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, que se comprometeu a oferecer toda infraestrutura da Polícia Militar necessária para a implantação do projeto.

 A CSRO pretende captar esses recursos entre os empresários. O projeto prioriza o videomonitoramento das três principais entradas e saídas da região – Estrada Francisco da Cruz Nunes, Avenida Central e Estrada para Itaipuaçu, que servem como rotas de fuga, além de pelo menos duas vias secundárias como a Rua São Sebastião e a Estrada Frei Orlando. 

“Quanto mais pessoas participarem, menor será o custo para cada um. Várias instituições, como bancos e concessionárias de automóveis, já sinalizaram que têm o interesse em investir no projeto, que por trazer segurança vai agregar valor aos negócios e aos imóveis da região. Pretendemos, na próxima reunião, que deve acontecer no dia 26 de julho, definir uma comissão para estudar a melhor forma de captação. Acreditamos que até setembro já esteja tudo funcionando”, acredita o presidente da CSRO.

O comandante do 12º BPM (Niterói), tenente-coronel Paulo Henrique Moraes, ressaltou a importância da integração do sistema aos outros projetos implantados na RO, como o sistema de ponto eletrônico, em que policiais são fiscalizados por um instrumento que verifica quantas vezes por dia é feita a ronda em locais pré-determinados. 

“Não podemos pensar que segurança é ter apenas um homem fardado em cada esquina. Queremos que a segurança pública seja implantada com os mais corretos e modernos modos de administração. A câmera é um instrumento de segurança, mas não funciona se todo o sistema não estiver integrado. Precisamos ter condições de detectar um problema e poder agir, caso contrário, só sentiremos medo”, enfatizou o comandante, lembrando que o monitoramento das câmeras será feito em uma sala no DPO do Cafubá, por um funcionário contratado pela CSRO.

A servidora pública Angélica Câmara, moradora da localidade Maravista, em Itaipu, afirmou ter gostado do que viu na apresentação do projeto de videomonitoramento feita pela Câmara de Segurança. Segundo ela, além dos empresários, os moradores também devem colaborar financeiramente.

“Já instalei câmera com circuito interno na minha casa, muro alto, portão eletrônico, interfone, mas continuo me sentindo insegura. Há quinze dias minha mãe foi assaltada na porta da nossa casa e vários outros vizinhos já passaram por situações semelhantes. Achei o projeto de monitoramento muito interessante para viabilizar mais segurança. Se todos participarem vai sair barato”, ponderou.(O Fluminense)

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Roubos assustam frequentadores do Plaza

Segundo delegado, mais da metade dos furtos registrados na área do Plaza ocorrem dentro do centro comercial. Nos últimos 20 dias foram registrados mais de 60 roubos

Uma simples ida às compras pode se tornar um pesadelo para alguns frequentadores do Plaza Shopping e para quem transita pelo entorno do estabelecimento e da Praça do Rink, no Centro de Niterói. De acordo com levantamento da Polícia Civil, só nos últimos 20 dias foram registrados mais de 60 roubos e furtos nessa área, sendo mais da metade das ocorrências no interior do shopping. Além do Plaza, os números dizem respeito apenas às vias Almirante Teffé, XV de Novembro e Avenida Visconde do Rio Branco, seu entorno.

“Mais da metade dos furtos daquela região, registrados nessa delegacia, ocorreram no interior do Plaza, onde as pessoas circulam com compras e quantidade significativa de dinheiro. Também observamos que se repetem as lojas nas quais acontecem esses crimes”, destaca o delegado titular da 76ª DP (Centro), Nilton Ferreira, lembrando que o número é ainda maior se for levado em conta que a maioria das vítimas não procura a delegacia para fazer o registro da ocorrência. 

O delegado, inclusive, informou que vai pedir a seus policiais que orientem os seguranças do Plaza sobre como observar atitudes suspeitas e como agir quando houver a identificação de um criminoso. Ele criticou também a falta de câmeras que gravem imagens em alta definição e acredita que por essa falha os mesmos assaltantes estejam agindo de forma contínua.

“As câmeras de segurança instaladas nesses locais não permitem a visualização do rosto do criminoso e, portanto, não contribuem muito nas investigações. Como na maior parte das vezes trata-se de furto, as vítimas não veem os criminosos e não são capazes de oferecer suas características”, explicou o delegado.
Em nota, o Plaza Shopping informou que não tem poder de autoridade policial e que todos os profissionais de segurança são treinados e qualificados para identificar possíveis casos no empreendimento. Qualquer situação atípica é repassada para a autoridade policial da região.

Bolsas rasgadas com canivete e até casos de estelionato

Segundo o delegado Nilton Ferreira, criminosos se aproveitam da distração dos clientes do shopping enquanto observam vitrines ou provam roupas. Também existem casos em que as vítimas têm suas bolsas cortadas com canivetes, sem que percebam. Entre os bens mais roubados estão celulares e outros aparelhos eletrônicos, além de mercadorias recém-adquiridas.

“As pessoas costumam deixar as bolsas penduradas do lado de fora das cabines, na hora de provar as peças de roupa. Os vendedores das lojas estão normalmente ocupados e não podem garantir a segurança dos pertences. Por isso, as pessoas devem estar sempre com a bolsa dentro do seu campo de visão e, se possível, andar com ela virada para frente e se certificar de que todos os bolsos estão devidamente fechados”, orienta Nilton.

O estelionato está entre outros crimes registrados no interior do shopping. Segundo o delegado, bandidos oportunistas contam histórias como as do bilhete premiado, prometem grandes vantagens e acabam iludindo pessoas inocentes.

“As maiores vítimas nos dois casos são idosos e mulheres mais jovens. O bandido acredita que essas pessoas não apresentarão reação se perceberem que estão sendo atacadas e acabam se tornando presas fáceis”, explica.

Cabine vazia
Apesar do elevado número de roubos e furtos na região, a cabine da PM instalada na Praça do Rink, ainda nova, com vidros blindados e ar-condicionado, fica vazia a maior parte do tempo, como informam comerciantes e frequentadores do local. 

“Passo aqui todos os dias e não me lembro de ter visto policial ocupando a cabine. Um dia recebi meu pagamento em uma agência bancária da Rua Aurelino Leal, passei na lotérica, paguei uma conta e todo resto do dinheiro foi roubado da minha bolsa, sem que eu visse. Acho que essas coisas poderiam ser evitadas se houvesse polícia por aqui”, opinou a cabeleireira Rosana Santos, de 43 anos.

O comandante do 12º BPM, tenente-coronel Paulo Henrique Moares, informou que a dificuldade de manter as cabines ocupadas deve-se ao baixo efetivo do batalhão. Ele garante, no entanto, que tem realizado rondas constantes no local e alternado o efetivo pelas várias cabines da cidade, incluindo a da Praça do Rink, em alguns turnos.( O Fluminense)

Cielo domina os 50m livre e mostra que ainda é o gatilho mais rápido

Brasileiro completa a prova em 21s66 no Aberto de Paris, supera o rival Frédérick Bousquet e brinca na piscina imitando pistolas com os dedos

Assim que bateu em primeiro lugar nos 50m livre e confirmou seu terceiro ouro no Aberto de Paris, Cesar Cielo fez questão de deixar claro para a torcida que é o gatilho mais rápido da natação mundial. Ainda na água, o brasileiro imitou pistolas com as duas mãos e soprou as pontas dos dedos, sorrindo com a missão cumprida neste domingo. Com o tempo de 21s66, melhor do ano, ele superou o rival Frédérick Bousquet, que nadava em casa e ficou com a prata ao cravar 21s78. O ucraniano Andrii Govorov completou o pódio com 22s04. O brasileiro Bruno Fratus chegou em quinto lugar, com o tempo de 22s31.

O melhor tempo de Cielo no ano nos 50m livre tinha sido 21s73, no Troféu Maria Lenk. Com os 21s66, ele conquista seu terceiro ouro no Aberto de Paris. Os outros dois tinham vindo no sábado, nos 50m borboleta e nos 100m livre.


Concentrado para a prova desde o início, Cielo caiu na água e conseguiu se desvencilhar dos adversários na segunda metade. Comemorou o ouro e, a caminho do pódio, ainda pegou uma bandeira do Brasil para colocar sobre o ombro esquerdo. Cumprimentou Bousquet e, após receber a medalha, agradeceu aos torcedores de Paris. 

- Amo Paris, amo a torcida, aqui tem alguns dos melhores nadadores do mundo e adoro competir contra eles – disse, arrancando aplausos.(G1)

domingo, 26 de junho de 2011

Acura NSX-T - 1995






Parques de Niterói receberão investimentos de R$ 60 mi

Verba do governo estadual será destinada a melhorias na estrutura das reservas ambientais e deve atrair mais turistas para a região. Só para a Serra da Tiririca serão R$ 4 milhões para reformas

Niterói receberá atrativos a mais para os apaixonados por trilhas e natureza. Com o intuito de oferecer mais empregos, preservar a mata, e aumentar o turismo de parques estaduais, o secretário do Ambiente, Carlos Minc, informou que os locais receberão, este ano, cerca de R$ 60 milhões para a melhoria de sua estrutura. Em Niterói, de acordo com a gerente das Unidades de Conservação de Proteção Integral, Patrícia Figueiredo, o Parque Estadual da Serra da Tiririca (Peset) será um dos contemplados pelo projeto. A reserva receberá em torno de R$ 4 milhões para reformas.

De acordo com Minc, o valor cotado para os investimentos virá do Fundo da Mata Atlântica e, além de dar estrutura para os parques, irá fazer com que eles realmente existam e sejam visitados. 

“Esses recursos irão para a construção de sedes, trilhas, guaritas e de centros de visitantes e de pesquisas. Os investimentos são fundamentais para quadruplicar, em quatro anos, o número de pessoas que visitam os parques. Nossa pretensão é fazer com que a média de visitantes, de 200 mil pessoas, passe para 800 mil”, informou o secretário Carlos Minc.

Porém, Fernando Matias, biólogo e chefe do Peset, acredita que é importante priorizar a qualidade dessas visitas para que o meio ambiente não seja prejudicado.

“Acredito que o parque está incluso nesse plano político por sua relevância não só ecológica como social, mas por ser um ícone da luta pela conservação das áreas protegidas no estado. Percebemos o quanto significa essa conquista que vai contemplar a visitação turística, porém, nosso foco é o turismo consciente para que o meio ambiente não seja degradado”, avalia.

Segundo a Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), a parcela dos investimentos que será revertida ao Parque terá como principal destinação a revitalização dos Caminhos de Darwin.

“Estão em fase adiantada os processos de desapropriação de imóveis existentes na área e, uma vez concluída esta etapa, a área será reurbanizada e recuperada para uso de visitantes e ciclistas. A implantação do projeto está prevista para 2012. Outro investimento será a edição do Guia de Trilhas do Parque”, afirmou, em nota.

Patrícia Figueiredo informou também, que uma reunião com o secretário Carlos Minc foi realizada na última quarta-feira para que fossem discutidos os projetos de todas as obras dos parques do estado. De acordo com Minc, a intenção é reforçar a estrutura da reconstrução de forma mais eficaz para acelerar o projeto.

“Faremos reuniões com mais frequência, já visando todas as providências para que esse projeto não fique no papel”, informa Minc.

Para aqueles que costumam participar de programas turísticos no município niteroiense, os recursos investidos nos parques poderão ser um atrativo a mais para o local.

“Esse investimento será ótimo para o turismo de Niterói, pois, muitas vezes pela falta de opção, somos obrigados a procurar programas turísticos em outros municípios. A Serra da Tiririca é um lugar espetacular, com uma vista incrível, e realmente estava precisando de uma atenção especial”, afirma o professor de história Bienvenido Garcia.(O Fluminense)

Cesar Cielo vence os 100 m e fatura segundo ouro na França

Paris (França) - O campeão olímpico e mundial, Cesar Cielo, faturou, neste sábado, a medalha de ouro dos 100 m livres no 5º Open de Paris. Mais cedo, também na piscina do La Croix Catelan, no Bois de Boulogne, o nadador já havia conquistado a medalha de ouro nos 50 m borboleta, completando a prova em 22s98, o melhor tempo do ano na prova.

Com um ritmo forte do início ao fim da prova, o brasileiro, 24 anos, conseguiu o lugar mais alto do pódio fazendo seu melhor tempo na temporada, 48s26. O francês Fabien Gilot, com 48s85, assegurou a prata, e o russo Andrey Grechin, com 49s02, completou o pódio.

Neste domingo, Cesar Cielo nadará os 50 m livre. Ele lidera o ranking mundial da prova, com o tempo de 21s73, feito em maio, no Troféu Maria Lenk. Em Paris, no ano passado, Cielo nadou a distância em 21s55, sendo o primeiro atleta do mundo a baixar o tempo que o russo Alexander Popov tinha desde 2000, de 21s64, marca que era o recorde mundial antes dos trajes tecnológicos. O programa de provas prevê a classificação a partir das 9h30 e finais a partir das 11h.

A competição na França é a última de alto nível da natação antes do Mundial de Xangai, que será realizado entre os dia 17 e 31 de julho.(O Dia)

Flamengo goleia o Galo no Engenhão e espanta crise

Ronaldinho Gaúcho faz golaço, e Fla quebra jejum de vitórias em grande estilo. Deivid entra e marca duas vezes

Em uma atuação redentora, o Flamengo goleou o Atlético-MG neste sábado por 4 a 1, de virada, e quebrou um jejum de quatro jogos sem vencer. Apesar de ter saído atrás no placar, o Rubro-Negro chegou ao empate com um golaço de Ronaldinho Gaúcho, e virou com Thiago Neves. No finzinho, Deivid marcou mais dois e fechou o placar. O Fla subiu para a quinta posição no Brasileiro, ultrapassando o próprio Galo.

O JOGO

A primeira oportunidade perigosa da partida foi a favor do Atlético. Aos três minutos, Daniel Carvalho fez jogada individual pelo meio e tocou para o atacante Guilherme, que chutou por cima do travessão do goleiro Felipe.

Tão contestado na última semana por suas últimas atuações, Ronaldinho Gaúcho começou a partida de maneira discreta e teve sua primeira chance aos sete, em uma cobrança de falta perto da área. No entanto, sua cobrança foi ruim e saiu pela linha de fundo.
O Fla apertava a saída de bola atleticana e buscava jogadas pelo lado. Aos 23, em lance oriundo de escanteio, Ronaldinho tocou para Renato, que chutou de primeira, e a bola passou perto da trave esquerda de Renan Ribeiro. Pouco depois, o Flamengo variou e tentou pelo meio, com Thiago Neves. O camisa 7 lançou, e Léo Moura chutou levando perigo à meta do Galo.


Mas os visitantes voltaram a assustar dez minutos antes do intervalo: Guilherme Santos cruzou da esquerda da área, e seu xará, Guilherme, bateu de primeira, com categoria. Felipe fez uma bela defesa, espalmando para o lado. No finzinho do primeiro tempo, o Rubro-Negro criou um último lance de perigo: Ronaldinho chutou, de bico, para tranquila defesa de Renan Ribeiro.

APÓS SAIR ATRÁS, FLA AVANÇA E VIRA O JOGO

 
O segundo tempo começou quente. Já no início do segundo tempo Junior Cesar balançou a rede a favor do Fla, mas o gol foi anulado, pois o lateral estava em posição de impedimento. Depois foi a vez de Wanderley assustar. Após enfiada de bola de Luiz Antonio, ele avançou pela direita e chutou cruzado, rasteiro, tirando tinta da trave.

No lance seguinte, o Galo respondeu em um bonito lance de Renan Oliveira, que disparou pela intermediária e chutou para bonita defesa de Felipe, que espalmou a escanteio. A pressão mineira foi recompensada aos sete minutos: Serginho cobrou falta, e Dudu Cearense subiu para desviar de cabeça, sem dar chances a Felipe: 1 a 0 Atlético, em pleno Engenhão.

Atrás no placar, o técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo, decidiu voltar à antiga formação, com quatro jogadores na defesa. O zagueiro David deu lugar a Negueba. O Fla passou a pressionar, e Ronaldinho Gaúcho quase empatou, mas de uma forma diferente. O craque aproveitou cruzamento de Léo Moura e cabeceou para Renan Ribeiro defender.

De tanto insistir, Ronaldinho Gaúcho acabou conseguindo seu gol. Aos 21, ele matou no peito após lançamento e, com um toque de categoria, colocou a bola no ângulo esquerdo de Renan Ribeiro, fazendo um golaço.

Logo após o empate, o Fla criou duas ótimas chances nos minutos seguintes: com Thiago Neves, chutando de longe, e o próprio Ronaldinho. Mas a virada veio mesmo aos 30 minutos. Negueba avançou pela direita e bateu cruzado. Thiago Neves, na segunda trave, só desviou para a rede.

Mas a virada não parou por aí: aos 41, o atacante Deivid, que havia substituído Wanderley, recebeu belo passe de Muralha e bateu no ângulo esquerdo de Renan Ribeiro, aumentando o placar. Nos acréscimos, Léo Moura fez bela jogada pela direita, e cruzou no meio para Deivid, que só enconstou para fazer o quarto gol, e afastar de vez a crise rubro-negra.(Lancenet)
FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 4X1 ATLÉTICO-MG
Local: Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 25/6/11 - 18h30min
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Alessandro Rocha de Matos (BA)


Renda e público: R$ 392.100,00 / 14.054 pagantes

Cartões amarelos:
FLA: Thiago Neves.
CAM: Guilherme, Dudu Cearense.

Gols:
Dudu Cearense, 6'/2ºT (0-1), Ronaldinho Gaúcho, 21'/2ºT (1-1), Thiago Neves, 30'/2ºT (2-1), Deivid, 41'/2ºT (3-1), Deivid, 46'/2ºT (4-1).


FLAMENGO: Felipe; Welinton, David Braz (Negueba, 14'/2ºT) e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Luiz Antonio (Muralha, 38'/2ºT), Renato, Thiago Neves e Junior Cesar; Ronaldinho Gaúcho e Wanderley (Deivid, 14'/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Patric, Leonardo Silva, Réver e Guilherme Santos; Serginho, Dudu Cearense, Giovanni Augusto (Toró, 25'/2ºT) e Daniel Carvalho (Renan Oliveira, intervalo); Magno Alves (Neto Berola, intervalo) e Guilherme. Técnico: Dorival Junior.


quarta-feira, 22 de junho de 2011

Festa de São Pedro terá esquema especial de segurança e trânsito

Tradicional festividade em Jurujuba acontece entre os dias 29 de junho e 03 de julho. Autoridades recomendam que público use o transporte coletivo para chegar ao bairro

O Comandante do 12º BPM, tenente-coronel Paulo Henrique Moraes, recebeu, nesta semana, membros da comissão organizadora da Festa de São Pedro de Jurujuba, além de representantes da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), Nittrans e Secretaria Municipal de Segurança para definir a logística de segurança que será adotada no bairro de Jurujuba para o evento.

A festa acontece entre os dias 29 de junho e 03 de julho, na Avenida Carlos Ermelindo Marins, e a entrada é franca. A programação inclui missas, barracas com comidas típicas e brincadeiras, além de shows de forró, sertanejo e pagode.

Para garantir o conforto e a segurança dos freqüentadores na tradicional festividade, durante a reunião, foram deliberadas orientações como o reforço dos coletivos que circulam pelo bairro, com a utilização de vans para transporte do público. O Comandante Paulo Henrique revelou ainda que haverá “Operação Lei Seca” e “Operação Reboque” no local.

Para o presidente da Neltur, José Haddad, o ideal é que as pessoas se dirijam para Jurujuba sem carros. “Se não quiser utilizar o transporte público, deve-se aproveitar para caminhar pelas ruas de um dos locais mais pitorescos de Niterói, apreciando a bela paisagem do trajeto”, ressaltou Haddad.(O Fluminense)

Comissão do Senado aprova anistia para os bombeiros


O projeto de lei de autoria do senador Lindberg Farias (PT-RJ) que concede anistia aos mais 400 bombeiros do Rio que foram presos depois de invadirem o Quartel-central foi aprovado, por unanimidade, pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Com parecer favorável do relator, senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), o projeto de lei segue, agora, direto para a Câmara dos Deputados, sem necessidade de passar pelo plenário do Senado.

Crivella ressaltou que a anistia proposta aos bombeiros do Rio não é diferente da que anistiou policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte, Bahia, Roraima, Tocantins, Pernambuco, Mato Grosso, Ceará, Santa Catarina e Distrito Federal, também punidos por participarem de protestos semelhantes.

Entenda o caso

No último dia 3 de junho, bombeiros manifestantes invadiram o quartel do Comando-Geral, na Praça da República, Centro. Em seguida, penduraram faixas de protesto nos veículos de combate a incêndio, impedindo os que estavam de serviço de sair para trabalhar. Horas depois todo o grupo foi preso e levado para o quartel da corporação de Charitas, em Niterói. No dia 10, no entanto, a Justiça mandou soltar os bombeiros presos após dezenas de protestos na cidade e forte pressão da sociedade. Desde então os manifestantes aguardam a anistia para retomar negociações salariais.

Todos os militares já foram ouvidos na Auditoria da Justiça Militar. Eles respondem à ação penal militar pelos crimes de motim, dano em material ou aparelhamento de guerra, dano em aparelhos e instalações de aviação e navais, e em estabelecimentos militares.

Interrogatórios marcados

As datas dos interrogatórios também já estão definidas. Os 14 bombeiros apontados como líderes do motim serão ouvidos no dia 8 de julho, pelo Conselho Especial de Justiça, que, no caso, será composto por um coronel e três tenentes-coronéis do Corpo de Bombeiros, e presidido pela juíza Ana Paula Monte Figueiredo Pena Barros. O Conselho Especial possui tal formação porque, neste caso, um dos réus ostenta a patente de major, e somente pode ser processado e julgado por oficiais de patente superior.

Já os 415 bombeiros foram divididos em grupos e serão interrogados entre os dias 5 e 18 de agosto, sempre a partir das 10h. Os depoimentos ocorrerão perante o Conselho Permanente de Justiça do Corpo de Bombeiros, composto por um major e três capitães.

A denúncia do Ministério Público apresenta uma relação de 14 veículos operacionais danificados pelos manifestantes. Também teriam sido inutilizados os portões de entrada do Quartel-Central e os portões de acesso ao Cassino de cabos e soldados, as instalações da Diretoria Geral de Finanças, da Superintendência Administrativa, da Subsecretaria de Defesa Civil, da Secretaria de Estado de Saúde e Defesa, do refeitório de oficiais, refeitório de praças, cozinha, padaria, depósito de lacticínios e frutas, ambulatório de nutrição e porta de acesso à Rua do Senado.

A situação vinha se tornando tensa desde maio, quando uma greve de guarda-vidas, que durou 17 dias, levou cinco militares à prisão. A paralisação acabou sendo encerrada por determinação da Justiça. Os bombeiros alegavam não ter recebido contraproposta do Estado sobre a reivindicação de aumento do piso mínimo para R$ 2 mil. Os profissionais fluminenses recebem cerca de R$ 950 por mês.
(O Dia)

Kleber ouviria oferta do Fla, mas prioriza o Palmeiras

Gladiador diz que se o clube rubro-negro pagar a multa, ele vai analisar. Mas reforça desejo de encerrar a carreira no Verdão

Kleber não descarta jogar no Flamengo. Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira, na Academia de Futebol, o atacante reforçou o desejo de cumprir os seus quatro anos de contrato ainda restantes pelo Palmeiras, mas admitiu que, caso o clube carioca pague a multa contratual, ele terá de ouvir a proposta:

- Não sei se o Flamengo pode, se tem (dinheiro), se quer ou se acha que vale a pena, aí é com eles. Já disse: quero ficar no Palmeiras. Mas se vier e pagar a multa, eu vou fazer o quê? Tenho de ouvir a proposta do Flamengo - disse o camisa 30, que espera valorização do presidente Arnaldo Tirone.

- Minha prioridade vai ser sempre o Palmeiras, mesmo que paguem a multa. Mas se o presidente disser que não dá para fazer nada, vamos conversar - explicou.

Segundo o atacante, ele e Tirone já se entenderam à respeito das declarações do último domingo, quando o mandatário disse que Kleber teria de buscar seu espaço no Flamengo caso saísse e o jogador interpretou de uma forma ofensiva:

- Só dei a entrevista porque no meu modo de entender ele falava que eu teria de procurar meu espaço em um time e me senti ofendido. Onde joguei, procurei, busquei e joguei. Entendi que ele estava desmerecendo nossa equipe, que qualquer um chega aqui e joga. O Palmeiras é pior que o Flamengo? Os jogadores que estão lá são melhores? Esse foi meu modo de entender. Ele me ligou, disse que não foi dessa forma. Entendi errado, então - afirmou.(Lancenet)

terça-feira, 21 de junho de 2011

Polícia estoura suposto desmanche de veículos e prende um em São Gonçalo


Suspeito detido durante operação no Jardim Catarina já responde por crime de formação de quadrilha. No Laranjal, outro local de desmanches de carros também foi localizado

Durante mais uma operação batizada como ‘Icaraí Sem Furtos’, policiais da Delegacia de Dedicação Integral ao Cidadão (Dedic) da 77ª DP (Icaraí), capturaram na manhã desta segunda-feira no Bairro de Jardim Catarina, em São Gonçalo, um homem de 40 anos suspeito de participar de suposto esquema de desmanches de carros.

Ele ainda já responde por crime de formação de quadrilha e estava em liberdade.

Prosseguindo com a operação, os agentes estouraram também um depósito de desmache de veículos no Bairro Laranjal, também em São Gonçalo. O local seria o quarto descoberto pela polícia em menos de dois meses.

Lá foram encontradas diversas carcaças e peças de veículos roubados, bem como ferramentas utilizadas para ‘corte’ de veículos, tais como maçaricos e chaves de fendas.(O Fluminense)

Tuitaço é agendado para marcar protesto por banda larga no Brasil



A Campanha Banda Larga é um Direito Seu! planeja para esta terça-feira, 21/06, um tuitaço - usando a força da rede social Twitter -com o objetivo de mobilizar todo o Brasil por uma internet barata e de qualidade para todos.

A ação, reporta os idealizadores do movimento, lançado em abril, tem como objetivo mostrar ao ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, diga-se de passagem um tuiteiro, que "a sociedade não aceita o pacote de bondades que estaria sendo costurado em favor das empresas de telecomunicações", em função das negociações do Plano Geral de Universalização de Metas, o PGMU 3, que precisa ser definido até o dia 30 deste mês.

O movimento insiste na necessidade de discussão pública das propostas das teles para o Plano Nacional de Banda Larga, independente do prazo firmado para fechar o acordo. Na semana passada, o ministro Paulo Bernardo, no CIAB 2011, assegurou que não haverá novo adiamento para se fechar o acordo com o PGMU 3.

O Banda Larga é um direito seu! planeja que nesta terça-feira, 21, entre 16hs e 17 hs, haja o máximo possível de mobilização da sociedade com twetts para o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. O movimento disponibiliza inclusive os endereços para o envio das mensagens:

Os usuários do Twitter podem publicar as seguintes mensagens ao @MiniComBrasil e @Paulo_Bernardo, sob a hashtag #MinhaInternetCaiu:

@MiniComBrasil e @Paulo_Bernardo: #MinhaInternetCaiu... caiu na mão das teles

@MiniComBrasil e @Paulo_Bernardo As teles não merecem um pacote de bondades! Simples assim #MinhaInternetCaiu

@Paulo_Bernardo: #MinhaInternetCaiu O Plano é aceitar venda casada? Discussão pública das propostas de PNBL já!

@Paulo_Bernardo PARA ENTENDER O QUE ACONTECE COM O PNBL campanhabandalarga.org.br #MinhaInternetCaiu

@Paulo_Bernardo #MinhaInternetCaiu Banda larga não é só preço e velocidade. Discussão das propostas do PNBL!

Ainda com relação à banda larga, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) enviou nesta segunda-feira, 20/06, carta ao Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. com pedido de revisão de pontos insuficientes no PGMU 3 (falta de imposição de controle tarifário, metas de universalização, parâmetros suficientes de qualidade e gestão pública das redes) e chama para a necessidade de maior participação popular nessas discussões.

Para o Idec, a adequada realização do serviço depende de sua prestação em regime público, o que daria ao Estado instrumentos regulatórios capazes de impor determinadas obrigações aos seus prestadores. Da maneira que está, a negociação tem se limitado ao que as empresas se dispõem a entregar, sem um planejamento de longo prazo condizente com as necessidade do país nos próximos anos .

De acordo com a advogada do Idec, Veridiana Alimonti, se a conclusão do Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU III) em alguma medida encerra o período de negociação do governo com as concessionárias quanto aos planos que oferecerão no âmbito do PNBL, a perspectiva não é das melhores e as notícias sobre o tema trazem à tona este problema.

Segundo o instituto, Oi e Telefônica só aceitam oferecer 1 Mbps por R$ 35,00 nas cidades com IDH acima da média nacional se houver venda casada com outro serviço. "Esta prática é ilegal e abusiva nos termos do Código de Defesa do Consumidor e de forma nenhuma pode ser institucionalizada como modelo de plano de banda larga popular a ser oferecido em parceria com o governo federal", destaca o IDEC.

*Com informações do IDEC e do movimento Banda Larga é um Direito seu!(Convergência Digital)

segunda-feira, 20 de junho de 2011

'Que vendam a Gávea', diz Felipão sobre interesse do Fla por Kleber

São Paulo - Durante a semana, o tom das entrevista de Felipão foi o que o fez ficar com a fama de "rabugento" no mundo do futebol. Neste domingo, não foi diferente. Diante da proposta do Flamengo por Kleber, o treinador afirmou que não há como tirar o Gladiador do Palmeiras e ironizou a investida rubro-negra.

"Não tem um, nem dois ou 50 milhões que tirem o Kleber daqui. Ele é o melhor atacante do Brasil. O Flamengo não tem dinheiro para contratar, como vai contratar o melhor atacante do Brasil? Que vendam a Gávea e venham comprar. Mesmo assim, não vendemos. Para nós e 15 milhões de torcedores, ele vale muito mais do que isso", disparou o treinador.

A proposta apresentada pelo Flamengo foi R$ 7 milhões pelos 50% dos direitos econômicos que pertencem ao Palmeiras. A multa rescisória do atacante é de R$ 14 milhões.(O Dia)

Colégio da Polícia Militar do Estado do Rio vai virar escola de sargentos

Pais de crianças matriculadas na instituição que funciona há mais de 5 anos na Alameda São Boaventura, no Fonseca, vão realizar protesto contra decisão tomada pelo comando geral

O Colégio da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (CPMERJ), que funciona desde 2006 na Alameda São Boaventura, no Fonseca, será fechado em dezembro deste ano. A informação foi confirmada pelo comando da PM. No local, onde atualmente estudam 400 crianças, passará a funcionar uma escola de formação de sargentos da corporação, que atualmente conta com cerca de 40 mil integrantes.

Pais de alunos ainda tentam se mobilizar para impedir o fechamento do colégio. “Ele não pode fechar. No Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), o colégio está em 1º lugar no município de Niterói, em 4º lugar no estado do Rio, e em 19º lugar no País. Temos, ao todo, 400 alunos matriculados, sendo 16 portadores de necessidades especiais e filhos de policiais falecidos”, disse Jussara de Oliveira, conselheira do colégio, lembrando que o movimento já recorreu ao Ministério Público (MP) e à Justiça. Ela promete uma passeata para protestar contra o fechamento nesta terça-feira, na Rua Soares Miranda, com início previsto para 8 horas.

O comandante Geral da Polícia Militar, coronel Mario Sergio, informou, em nota, que a PM está disposta a orientar os pais de alunos no momento da realocação de colégio. “A gente entende a angústia dos pais dos alunos, mas tentamos de todas as formas atenuar, tanto dando um prazo maior para que eles procurem outras unidades escolares, quanto atuando junto aos conselhos regionais de educação para buscar vagas de realocação”, diz a nota, lembrando que a decisão de fechar a unidade foi tomada em 2010, mas as aulas foram prorrogadas por 2011.

Enquanto isso, quem tem um filho no colégio, lamenta a decisão. “Era um alívio saber que nossos filhos estavam sendo cuidados e educados pelos nossos próprios companheiros, em um ambiente em que a criança não precisa ter medo de dizer qual é a profissão do pai. Além disso, com nosso salário dificilmente conseguiríamos pagar uma educação com essa qualidade. Seremos obrigados a matricular nossos filhos em colégios públicos”, disse um sargento PM.(O Fluminense)

Criminalidade não para de crescer na cidade de Niterói

Levantamento divulgado pelo Instituto de Segurança Pública mostra que, por exemplo, homicídios dolosos subiram 16,6%. Assaltos a ônibus e residências também aumentaram

Apesar do Estado do Rio comemorar a queda dos índices de criminalidade, a realidade em Niterói parece diferente. Segundo último levantamento divulgado pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), esta semana, referente ao mês de abril, cresceu o número de homicídios dolosos, roubos em coletivos e de veículos, se comparado ao mesmo período do ano passado. O número de homicídios dolosos, por exemplo, apresentaram redução de 6,7% no estado e aumento de 16,6% em Niterói, na área do 12º BPM (que inclui Maricá). Em todo o estado foram 403 casos em abril deste ano e 432 no mesmo período de 2010. Já em Niterói, o número subiu de 12 para 14 casos.

Em relação aos crimes de roubos a transeuntes e em coletivos, que apresentaram diminuição média de 15% no estado, Niterói registrou alta de 28,1% e 28,5%, respectivamente. No quarto mês deste ano foram contabilizados 282 ataques a pedestres e 96 em ônibus, contra 220 e 42 em 2010. Já o número de roubo de veículos aumentou 20%, com 60 casos em 2011 e 50 em 2010.

As residências niteroienses também foram alvos mais frequentes dos bandidos este ano. O número deste tipo de roubo quase triplicou. De quatro em 2010, os roubos a residências chegaram a 14 em 2011. No estado, este índice também caiu de 113 para 105, uma queda de 7%.

Os roubos de aparelhos celulares cresceram 66,6% em abril de 2011, com 20 casos registrados contra 12 no mesmo período de 2010. As tentativas de homicídio subiram de 16 para 27, uma alta de 68,7%.
Para professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) especialista em segurança pública, Roberto Kant de Lima, o aumento da criminalidade está ligada ao crescimento populacional de Niterói. “Há um crescimento desordenado da população de Niterói e não há o aumento compatível das condições de segurança. O crime está onde há movimentação de pessoas e dinheiro”, explicou.

O comandante do 12º BPM (Niterói), tenente-coronel Paulo Henrique Moares, explicou que o batalhão está atento às mudanças nas alterações de áreas criminais para agir. “Estamos aplicando remédios nas dores que aparecem pela cidade”, declarou.

Queda –
Os crimes que registraram queda na incidência foram estupro, com nove casos em 2011 contra 19 no ano passado (uma diferença de 52,3%); roubos a estabelecimentos comerciais (4%); e furto de automóveis, que registraram baixa de 16%, com 131 casos registrados este ano e 156 em 2010.

Em São Gonçalo, dobram casos de estupro

Em São Gonçalo, entre as taxas que aumentaram, a de estupros dobrou, com 11 vítimas em 2010 e 22 este ano. Cresceu, também, o número de roubo a residências, de sete para nove (+28,5%). As tentativas de homicídio sofreram alta de 5,5%, com 19 casos.

Já as taxas de roubos em coletivos caíram em mais da metade, com 69 casos em abril de 2010 contra 32 este ano, uma redução de 53,6%. Os roubos a transeuntes (443 ano passado e 301 em 2011) e estabelecimentos comerciais (37 em 2010 e 21 este ano) sofreram queda de 32% e 43,2%, respectivamente.

Os homicídios dolosos diminuíram em 12,1%. Ao todo, foram 29 ocorrências em 2011 contra 33 em 2010. O índice de roubo de veículos teve queda de 8,9%, com 92 registros este ano e 101, ano passado. Roubos de celulares também caíram. Em 2010, foram 36 contra 34 em 2011, menos 5,5%. Já o furto de veículos teve redução de 25,5%, com 76 casos este ano e 102 em 2010.(O Fluminense)

Aplicação de Película Automotiva

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Carro invade loja na rua Miguel de Frias, em Icaraí, Zona Sul de Niterói




Segundo a polícia, uma garrafa de bebida alcoólica foi encontrada no interior do veículo. Acidente ocorreu na altura do número 112. Fachada do estabelecimento foi destruída

Um automóvel modelo Kia Carens de cor preta, invadiu a entrada de uma loja durante a madrugada desta quinta-feira, na altura do número 112, na Rua Miguel de Frias , em Icaraí , Zona Sul de Niterói.

Segundo a polícia, uma garrafa de bebida alcoólica foi encontrada no interior do veículo. Não há informações sobre o motorista ou seu estado de saúde.(O Fluminense)

A fachada do estabelecimento foi destruída e os responsáveis registraram a ocorrência na 77ª DP, em Icaraí.

Niterói poderá adotar o Bilhete Único Municipal


Proposta do Executivo, neste sentido, será encaminhada à Câmara. Benefício já existe na capital fluminense e nas linhas intermunicipais desde o mês de fevereiro de 2010

Seguindo a mesma linha da capital, o governo de Niterói deverá adotar o “Bilhete Único Municipal” na cidade. A Prefeitura confirmou, através da assessoria de imprensa, que deve encaminhar nesta sexta-feira ao Legislativo, proposta neste sentido, acompanhada de outra mensagem Executiva sobre o transporte público. O governo estaria concluindo projeto de lei reduzindo de 2% para 1% a alíquota do Imposto Sobre Serviços (ISS)  das empresas de ônibus.
O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e membro da Comissão de Urbanismo, Transportes, Obras e Serviços Públicos, Rodrigo Farah (PRP) disse que, em tese, as duas propostas são importantes para o município. Porém, só poderá avaliá-las ao receber.
“Soube que essas mensagens irão chegar à Casa, mas só isso”, disse o vereador.
No Rio, o prefeito Eduardo Paes (PMDB) reduziu o tributo para 0,01%, quando adotou o Bilhete Único, em 2010. Lá, inicialmente, o benefício garante duas viagens num período de duas horas a um custo de R$ 2,40, que passou a valer no final de outubro passado. Em Niterói, a Prefeitura deve preparar uma licitação para que a empresa vencedora no processo passe a administrar o “Bilhete Único Municipal”.
Anteriormente, o ISS cobrado no Rio era de 2%. Lá a prefeitura deixa de arrecadar R$ 33 milhões com a redução. Na época, o prefeito Eduardo Paes chegou a dizer que a medida garantiu uma passagem mais barata para a população, através do Bilhete Único.
O bilhete já existe no Estado do Rio desde fevereiro de 2010 e beneficia quem precisa pegar duas conduções para chegar ao local de destino, nas ligações intermunicipais. Quem já possui o cartão paga o valor máximo de R$ 4,40 por duas passagens a serem utilizadas num prazo de duas horas e meia.
Novo reajuste - Nesta segunda-feira, deve ser protocolado o Projeto de Resolução da Mesa Diretora da Câmara Municipal propondo reajuste de 6,30% para os servidores do Legislativo de Niterói.
(O Fluminense)

Oferta do Groupon de hoje em Niterói

Vigilância Sanitária recolhe mais de 30 porcos soltos das ruas de Niterói

De acordo com o órgão de saúde, operação realizada na cidade foi a maior dos últimos tempos. Animais foram encontrados em diversas vias do bairro Fonseca, na Zona Norte

A retirada de porcos das ruas continua. A quarta operação, realizada no início da noite desta quarta-feira, pelo Departamento de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses em parceria com a Secretaria de Segurança e Controle Urbano, resultou em 34 animais apreendidos.

Esta foi a maior das operações, que totalizam 109 suínos recolhidos das ruas de Niterói e encaminhados ao criadouro de Itambi, em Itaboraí, em menos de um mês.

As maiores apreensões foram em ruas do Fonseca: Alameda São Boaventura (5), Soares de Miranda (4), Desembargador Lima Castro (3), Carlos Maximiliano (2) e 22 de Novembro (1).(O Fluminense)

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Assalto a ônibus é frustrado pela polícia na Alameda São Boaventura

Suspeito foi capturado por rodoviários após ser acusado de tentar furtar telefone celular de uma jovem. Na delegacia, foi descoberto que o acusado tem antecedentes criminais

Um homem foi preso em flagrante, na tarde da última quarta-feira, na Alameda São Boaventura, após ser acusado por furtar o celular de uma menina de 15 anos dentro de um ônibus da Viação Ingá que fazia a linha 62 (Charitas). O suspeito, de 39 anos, estava desarmado e foi rendido pelos rodoviários, que perceberam o assalto.

De acordo com policiais da 78ª DP (Fonseca), onde o caso foi registrado, o acusado possui oito anotações criminais por furto e roubo. Sua primeira passagem pela polícia teria sido em 1991, por furto, e a mais recente foi em fevereiro deste ano pelo mesmo crime, cometido, à época, no bairro de Icaraí.

A vítima contou que estava sentada numa poltrona próxima ao corredor do coletivo, quando o homem surgiu e pediu que ela se afastasse para a poltrona da janela, sentando-se ao seu lado. Em seguida, o assaltante teria pressionado sua barriga e pedido que ela lhe entregasse o celular. Depois disto, teria solicitado a parada e descido do coletivo.

O crime teria ficado impune não fosse o cobrador que percebeu a ação do criminoso e alertou o motorista a tempo. Este parou novamente o ônibus na pista sentido Centro da Alameda São Boaventura, em frente à estação Nossa Senhora das Mercês, e teve início a perseguição ao assaltante pelos rodoviários, que acabaram detendo-o. Em seguida, uma viatura da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) que passava pelo local percebeu a movimentação e levou criminoso para a delegacia da área.

O acusado irá responder por mais um furto.(O Fluminense)

Acidente na Ponte complica o trânsito em Niterói

Dois carros e uma moto colidiram na altura do vão central. Uma pessoa ficou ferida. Avenidas Roberto Silveira, do Contorno e Jansem de Mello registraram grande congestionamento


Uma colisão envolvendo dois carros e uma moto na Ponte Rio-Niterói deixou uma pessoa ferida e o trânsito lento em vários pontos da cidade na manhã desta quinta-feira.  A vítima, que teve ferimentos leves, foi encaminhada para um hospital. Segundo a assessoria da Ponte, o acidente aconteceu na altura do vão central.


O trânsito na Avenida Roberto Silveira está congestionado, com reflexos até São Francisco. A orla de Icaraí e Ingá são opções para quem seguia em direção ao Centro de Niterói e Zona Norte. O fluxo continua intenso pelas ruas Paulo Alves e Saldanha Marinho. Um engarrafamento de 7 km causa transtornos aos motoristas que passam pela Avenida do Contorno, no Barreto. O congestionamento ainda atinge as avenidas Jansem de Mello, Marquês do Paraná e Visconde do Rio Branco.


De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente foi registrado na 17ª DP (São Cristovão).(O Fluminense)

10º Encontro de Veiculos Antigos Nacionais do Rio de Janeiro-2011


No próximo domingo, dia 19, estaremos realizando o "10º Encontro de Veiculos Antigos Nacionais do Rio de Janeiro-2011".
Venha participar desta confraternização que há 10 anos vem unindo os antigomobilistas em nossa cidade.
Você vai gostar das surpresas que preparamos.
Um abraço, Armando (AGMH Antigomobilistas).
 
Obs.:Nos dias 17 e 18 estarão alguns carros em exposição. Visite.


Promoção Groupon do dia - Le Postiche

Crédito de R$ 100 por R$ 50 para serem gastos nas lojas físicas Le Postiche



 Clique na imagem para acessar a promoção

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Niterói aperta o cerco contra vendedores ambulantes estrangeiros

Vendedores do Peru e da África que ocupam calçadas da cidade são alvos de operações da Secretaria de Controle Urbano. Condições de permanência no Brasil serão verificadas

O Secretário de Segurança e Controle Urbano, Wolney Trindade, está intensificando o combate aos vendedores ambulantes da cidade. O principal alvo do secretário, agora, são os camelôs peruanos e africanos que ocupam boa parte das calçadas do Centro e Icaraí. O secretário afirmou que irá encaminhar, inclusive, um comunicado à Polícia Federal, questionando a situação de entrada e permanência destes estrangeiros no país.

Segundo Wolney, a mudança de estação é a época mais propícia para a chegada dos peruanos, que lotam as calçadas do Centro e das ruas da Icaraí, com as exposições dos lenços coloridos e cachecóis. Na segunda-feira e na semana passada, os fiscais do Controle Urbano apreenderam dezenas de materiais nas ruas do Centro e de Icaraí. Quatro operações já foram realizadas em duas semanas. 

O secretário afirmou que as ações serão cada vez mais intensificadas, tanto para os ambulantes residentes quanto para os estrangeiros. 

“Fiquei sabendo da chegada dos peruanos em grande número há alguns dias e não abrirei mão de pedir o apoio da Polícia Federal para que sejam verificadas as documentações de passaporte e visto que comprovem a legalidade deles no país. No que depender de mim, se estiverem errados, aqui em Niterói eles não se criam”, declarou o secretário. 

Em Niterói, a “onda” peruana começou a penetrar em 2010. Com lençóis colocados no chão para a exposição dos produtos, as estreitas calçadas escolhidas são tomadas de produtos e o fluxo se interrompe de vez quando potenciais clientes param para olhar. 

Já os africanos são mais discretos. Eles percorrem as ruas da cidade com um mural de bijuterias e óculos escuros. Apesar de serem ambulantes itinerantes e, portanto, não ocuparem as calçadas, Wolney afirma que alguns dos produtos vendidos são proibidos.(O Fluminense)

Promoção Groupon do dia - Niterói - Porcão

10º Encontro Nacional de Veículos Antigos AGMH no museu Conde de Linhares em São Cristóvão - RJ - dia 19 Domingo


terça-feira, 14 de junho de 2011

Sessão Solene 146º Aniversário da Batalha do Riachuelo


Festival de Inverno Brahma Groupon

3 Chopps Brahma por R$4,99, escolha seu bar


Cariocas poderão ver gratuitamente o eclipse da lua nesta quarta


O Museu de Astronomia e Ciências, localizado no bairro São Cristovão, Zona Norte do Rio de Janeiro, oferece gratuitamente a oportunidade de interessados observar o eclipse total da lua, que acontecerá nessa quarta-feira, sendo o único que acontecerá em 2011.

Segundo a cordenação do museu, o fenônemo começa a partir das 18h30, tendo o espaço aberto até as 20h. Os visitantes poderá ver a lua avermelhada até sair do eclipse, levando em conta que o astro já irá nascer eclipsado no Hemisfério Sul.

Aos interessados que quiser obter mais informações, é so entrar em contato com o Museu pelo telefone: (21) 3514-5200.(SRZD)

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Proposta de anistia aos bombeiros é discutida por deputados na Alerj


Deputados federais e estaduais fazem reunião na manhã desta segunda-feira na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, no Centro da cidada, com intuito de discutir o projeto que propõe a anistia aos bombeiros.

De acordo com o deputado federal Alessandro Molon (PT-RJ), a previsão é de que o projeto de lei possa ser votado ainda nesta semana.


Cabral sugere usar 30% de fundo especial para gratificar bombeiros
 
A reunião também vai reunir líderes dos bombeiros. O porta-voz do movimento, o cabo Benevenuto Daciolo, acredita em uma reunião com o governador Sérgio Cabral. "Através do deputado Marcelo Freixo, vamos tentar chegar ao Paulo Melo para que ele tente um contato entre nós e o governador Sérgio Cabral", afirmou Daciolo durante a passeata dos bombeiros no último domingo.

Com autoria de Molon, o projeto de lei quer conceder anistia aos bombeiros que participaram de movimento reivindicatório por melhoria salarial e de condições de trabalho, que terminou com a prisão de 439 presos durante uma invasão ao quartel central da corporação.(SRZD)